Gerenciando dependências com o Composer

Gerenciador de Composer
Gerenciador de Dependência

Neste post não vou abordar o que é o Composer, mais sim como instalar e utilizar ele no seu projeto para gerenciar suas dependências.

Primeiro passo é instalar o Composer, existe algumas formas de instalar o mesmo, qualquer dúvida só acessar o site do projeto aqui.

 

NO LINUX

No meu caso utilizei o comando abaixo para instalar o Composer:

1
php -r "readfile('https://getcomposer.org/installer');" | php

Será realizado o download do arquivo composer.phar.

1
2
3
4
5
All settings correct for using Composer
Downloading...
 
Composer successfully installed to: ./composer.phar
Use it: php composer.phar

No meu caso eu instalei ele para que eu pudesse utiliza-lo em qualquer projeto, numa forma global. Para isso utilizei esse comando (Para plataforma UNIX):

1
# sudo mv composer.phar /usr/local/bin/composer

Pronto o composer agora está instalado.

NO OS X

Para instalar no OS X é mais simples, basta fazer o download do Composer :

1
curl -sS https://getcomposer.org/installer | php

depois de realizado o download, mova o arquivo para a pasta /usr/bin com o seguinte comando:

1
sudo mv composer.phar /usr/bin/

No meu caso gosto de deixar no modo universal, para poder trabalhar com o composer em qualquer projeto, para isto basta criar um alias, utilizando o VIM para acessar o arquivo e inserir uma linha.
Para acessar o arquivo digite o seguinte comando:

1
vim ~/.bash_profile

Depois acrescente a seguinte linha:

1
alias composer="php /usr/bin/composer.phar"

Pronto agora o composer está  instalado.

Caso o procedimento acima não funcionar utilize este comando:

1
curl -sS https://getcomposer.org/installer | sudo php -- --install-dir=/usr/local/bin --filename=composer

Este último comando realiza todo o processo dito anteriormente.

UTILIZANDO

Para utiliza-lo basta criar um arquivo composer.json no seu projeto contendo quais dependências você deseja utilizar, no nosso exemplo utilizei o silex e o doctrine :

1
2
3
4
5
6
7
{
    "require": {
        "silex/silex": "1.0.*",
        "doctrine/dbal": "2.2.*"
    },
    "minimum-stability": "dev"
}

Para baixar as dependencias acesse pelo terminal a pasta de seu projeto e execute o seguinte comando:

1
composer install

Pronto agora basta esperar terminar de baixar os pacotes e utiliza-los.

Instalndo e ativando o Curl PHP 5 no Debian

Quando ativamos o PHP no nosso sistema, ele não vem com alguns pacotes. Para habilitarmos estes pacotes precisamos realizar alguns passos.

Primeiro vamos baixar o pacote do php-curl, utilizando o seguinte comando:

1
# sudo apt-get install php5-curl

Depois de instalado, so basta da um restart no apache com o comando abaixo:

1
# sudo /etc/init.d/apache2  restart

Pronto!

Criando Virtual Host Apache no Debian 7

Muitas vezes queremos criar Hosts Virtuais para rodar nosso projetos. Aqui ensino como criar um host no Linux ( no meu caso em especial uso Debian), para testarmos nossos projetos.

Primeiro vamos criar nossa rota. Acesse o arquivo /etc/hosts :

1
# sudo gedit  /etc/hosts

Insira a seguinte linha:

1
127.0.0.1 teste01.localhost

Salve o arquivo e feche-o.

Agora vamos criar o arquivo com o mesmo nome que colocamos no  host, “teste01”. Utilizamos o seguinte código:

1
#sudo gedit /etc/apache2/sites-available/teste01

Dentro do arquivo ensira as seguintes linhas:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
<VirtualHost *:80>
      ServerName teste01.localhost
      DocumentRoot /var/www/teste01
      <Directory /var/www/teste01>
            DirectoryIndex index.php
            AllowOverride All
            Order allow,deny
            Allow from all
      </Directory>
</VirtualHost>

Salve o arquivo e feche-o. Agora precisamos seta-lo para que possa funcionar, bastando executar o seguinte comando:

1
#sudo a2ensite teste01

Depois basta da um reload no apache:

1
#service apache2 reload

Agora sim, para acessar bastar colocar: http://teste01.localhost
Pronto!

Instalando DropBox no Debian 7

Depois de quebrar a cabeça um pouco para instalar o DropBox , descobrir que a melhor forma de instalar que encontrei foi digitando esses comandos. No próprio site do do DropBox tem o codigo para os respectivos processadores.

32 bits:

1
wget -O - http://www.dropbox.com/download?plat=lnx.x86 | tar xzf -

64 bits:

1
wget -O - http://www.dropbox.com/download?plat=lnx.x86_64 | tar xzf -

Para rodar o que foi instalado digite o seguinte comando:

1
~/.dropbox-dist/dropboxd

Montagem automática do HD externo no Debian

Saindo do mundo do Windows e entrando no mundo Linux comecei a usar o Debian depois de ter uma experiência com o Ubuntu. Me deparei com alguns detalhes técnicos que a medida que for resolvendo irei escrevendo aqui.

Por ultimo estava com um problema em montar meu HD externo em NTFS no meu SO. Dei uma pesquisada e achei uma maneira fácil de resolver o problema.

Primeiro digite o comando:

1
$ sudo sublime_text /etc/fstab

Você poderá usar o editor de sua preferência.

Depois edite o arquivo acrescentando um jogo da velha antes da linha das conexões USB.

O Arquivo era assim:

1
/dev/sdd1 /media/usb0 auto rw,user,noauto 0 0

E depois ficou assim:

1
#/dev/sdd1 /media/usb0 auto rw,user,noauto 0 0

Salve o arquivo.

Instalando facilmente o Sublime Text 2 no linux Debian

Sublime Text Logo
Sublime Text

Para instalar o Sublime Text 2, primeiramente temos que baixar pelo site oficial do Sublime Text.  depois de ter realizado o download precisaremos entrar no terminal e digitar os seguintes códigos:

1
2
3
4
    # cd /home/seuusuario/Downloads
    # mv Sublime\ Text\ 2/ /opt/sublime-text-2/
    # ln -s /opt/sublime-text-2 /usr/local/sublime-text-2
    # ln -s /usr/local/sublime-text-2/sublime_text /usr/local/bin/sublime_text

Agora voce ja poderá abrir o sublime text direto pelo terminal com o seguinte comando: sublime_text.

Depois so adicione no seu menu de aplicativos. ate mais.

Fonte: www.ochobitshacenunbyte.com/