Comandos básicos para manutenção de um servidor CentOS Linux

logo-powered-by-centos

Entrei nesse mundo de servidores linux, e como de costume sempre começamos do básico, com  comandos simples. Venho neste post apresentar alguns comandos que servem muito para quem esta começando. Estou usando um servidor CentOS.

O primeiro comando lhe mostra se o servidor é 32 ou 64 bits.

1
# uname -m

O comando útil para monitorar quanto tempo a maquina está ligada e a carga de trabalho que o servidor esta tendo no  ultimo minuto é o uptime.

1
# uptime

Start, Stop e Reload no Apache.

Para Iniciar (start) o apache utilize o comando:

1
#apachectl start

Para Parar(Stop) o apache basta utilizar este comando:

1
#apachectl stop

Para reiniciar (reload) o apache utilize o comando:

1
#apachectl restart

Outra opção para reiniciar o apache pode ser este comando:

1
#service httpd restart

Stop, Start e Reload Mysql

Para Iniciar (start) o mysql utilize o comando:

1
# service mysqld start

Para Parar(Stop) o mysql basta utilizar este comando:

1
# service mysqld stop

Para reiniciar (reload) o mysql utilize o comando:

1
# service mysqld restart

Ligar, desligar e reiniciar a maquina.

Um comando importante que um dia você vai precisar utilizar é o de desligar ou reiniciar a maquina (“quando voce faz uma cagada muito grande. kk”)
Desligar:

1
# halt
1
#poweroff

Comando shutdown desligar.

Desligar imediatamente

1
# shutdown -h now

Desligar em 40 minutos

1
# shutdown -h 40

Comando para reiniciar:

1
#reboot

Comando shutdown reiniciar.
Reiniciar imediatamente

1
# shutdown -r now

Reniciar em 40 minutos

1
# shutdown -r 40

Identificar Versão do CentOS

Para identificar a versão do CentOS basta utilizar o seguinte comando:

1
# cat /etc/redhat-release

Criar senha para o Usuario root

Basta utilizar o seguinte comando:

1
$ sudo passwd root

O terminal solicitará a senha e a confirmação de senha.

Continuarei a atualizar este post com alguns comandos a mais.

Informações sobre Memoria e CPU

Para visualizar informações do processador basta utilizar o seguinte comando:

1
# cat /proc/cpuinfo

Ja para visualizar status da memoria utilize o seguinte comando:

1
# cat /proc/meminfo

Uso do disco

Para verificar o uso do disco  e do tmpfs vamos utilizar o seguinte comando:

1
# df -h

Espaço Utilizado, Disponível de partição

Para verificar o uso do disco e do tmpfs vamos utilizar o seguinte comando:

1
# df -l

 

Alterar Hora

Para alterar o horário do servidor utilize o seguinte comando:

1
# date -s "xx:xx:xx"

Onde xx:xx:xx é a hora, minuto e segundos.
Depois utilize o seguinte comando para gravar no bios.

1
# clock -w

Apagar conteúdo de arquivo

1
# echo "" > nomearquivo

Status do RAID

1
# cat /proc/mdstat

Listar Tamanho de Pastas

1
$ du -hs *

Alterar Hostname

Alterando sem desligar a maquina. (Porem depois de reiniciado voltara ao anterior)

1
#/bin/hostname novo.hostname

Alterando o hostname permanente, porem necessário reiniciar a maquina

1
# vim /etc/sysconfig/network
1
2
NETWORKING=yes
HOSTNAME=aquiNomeDo_HostName

depois: :wq

Pronto!

Instalando o XAMPP no linux

O XAMPP simplificando, é um servidor web contendo o Apache, Mysql, PHP, Perl e outros. Para instalar, primeiramente temos que realizar o download do arquivo no site do projeto https://www.apachefriends.org/download.html.

Depois de realizado o download entre no terminal e digite os seguintes códigos:

$ cd Downloads
$ su
 
# chmod 755 xampp-linux-x64-1.8.2-6-installer.run
# ./xampp-linux-x64-1.8.2-6-installer.run

Iniciará uma tela de instalação, clique em Next verificando se deseja a configuração apresentada.

xampp1

Depois de finalizado coloque o servidor para iniciar com o seguinte comando:

#sudo  /opt/lampp/lampp start

Para reniciar ou parar os serviços utilize os seguintes comandos:

#sudo  /opt/lampp/lampp restart
 
#sudo  /opt/lampp/lampp stop

Criando Virtual Host no MAMP MAC

Para utilizar o Virtual Host no MAMP, e necessário realizar alguns procedimentos simples. Primeiramente  temos que acessar o arquivo hosts, com os seguintes comandos:

1
2
MacBook-Pro-de-bytes:~ byteslivres$   cd /etc
MacBook-Pro-de-bytes:etc byteslivres$ sudo nano hosts

Acrescente  a linha:

1
127.0.0.1 projeto1.local

Salve o arquivo clicando control + x e depois  aperte return, para sair do arquivo basta clicar control + x

Depois de feito isso, acesse o arquivo /Applications/MAMP/conf/apache/httpd.conf
e encontre a linha:

1
2
# Virtual Hosts 
# Include /Applications/MAMP/conf/apache/extra/httpd-vhosts.conf

remova o “jogo da velha”, para que fique dessa maneira:

1
2
# Virtual Hosts
  Include /Applications/MAMP/conf/apache/extra/httpd-vhosts.conf

Salve o arquivo.  Depois de feito isso acesse o arquivo: /Applications/MAMP/conf/apache/extra/httpd-vhosts.conf, neste arquivo tera algo parecido com isso:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
 
   <VirtualHost *:80>
    ServerAdmin webmaster@dummy-host.example.com
    DocumentRoot "/Applications/MAMP/Library/docs/dummy-host.example.com"
    ServerName dummy-host.example.com
    ServerAlias www.dummy-host.example.com
    ErrorLog "logs/dummy-host.example.com-error_log"
    CustomLog "logs/dummy-host.example.com-access_log" common
    </VirtualHost>
 
    <VirtualHost *:80>
    ServerAdmin webmaster@dummy-host2.example.com
    DocumentRoot "/Applications/MAMP/Library/docs/dummy-host2.example.com"
    ServerName dummy-host2.example.com
    ErrorLog "logs/dummy-host2.example.com-error_log"
    CustomLog "logs/dummy-host2.example.com-access_log" common
    </VirtualHost>

substitua estas linhas por estas:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
 
<VirtualHost *:80>
    DocumentRoot /Applications/MAMP/htdocs
    ServerName localhost
</VirtualHost>
 
<VirtualHost *:80>
    DocumentRoot /Users/username/Sites/projeto
    ServerName projeto1.local
</VirtualHost>

depois de alterado salve o arquivo e de um Stop e Start no MAMP. Pronto agora basta você acessar
pelo seu navegador com o seguinte link: http://projeto1.local

Criando Virtual Host Apache no Debian 7

Muitas vezes queremos criar Hosts Virtuais para rodar nosso projetos. Aqui ensino como criar um host no Linux ( no meu caso em especial uso Debian), para testarmos nossos projetos.

Primeiro vamos criar nossa rota. Acesse o arquivo /etc/hosts :

1
# sudo gedit  /etc/hosts

Insira a seguinte linha:

1
127.0.0.1 teste01.localhost

Salve o arquivo e feche-o.

Agora vamos criar o arquivo com o mesmo nome que colocamos no  host, “teste01”. Utilizamos o seguinte código:

1
#sudo gedit /etc/apache2/sites-available/teste01

Dentro do arquivo ensira as seguintes linhas:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
<VirtualHost *:80>
      ServerName teste01.localhost
      DocumentRoot /var/www/teste01
      <Directory /var/www/teste01>
            DirectoryIndex index.php
            AllowOverride All
            Order allow,deny
            Allow from all
      </Directory>
</VirtualHost>

Salve o arquivo e feche-o. Agora precisamos seta-lo para que possa funcionar, bastando executar o seguinte comando:

1
#sudo a2ensite teste01

Depois basta da um reload no apache:

1
#service apache2 reload

Agora sim, para acessar bastar colocar: http://teste01.localhost
Pronto!